DÚVIDAS FREQUENTES

Existem basicamente quatro tipos de preparações que a MasterChip realiza sendo:

PREPARAÇÃO ASPIRADA

Como o próprio nome diz, esse tipo de preparação consiste no Motor Aspirar o Ar Naturalmente, sem que o mesmo seja forçado em sua admissão, praticamente todos os carros vendidos em nosso país são aspirados de fábrica).

O Termo Motor Aspirado é usado para falar que o motor foi preparado porém ainda continua aspirando Ar naturalmente, consistindo em: Preparação de cabeçote, Comandos de Válvulas Especiais, Coletores de Escape e Admissão Dimensionados, Balanceamento do Conjunto móvel, Alivio de peso em algumas peças, entre outras modificações.

PREPARAÇÃO TURBO

É uma preparação que consiste na sobre alimentação do motor, ou seja, utilizando uma turbina movida pelos gases do escapamento o ar é comprimido contra a admissão do motor.

Essa preparação tem como principal característica gerar acréscimos de potência e torque apenas em altos regimes de rotação, pois a turbina necessita de alta vazão nos gases de escape para ser acionada.

PREPAÇÃO SUPER CHARGER (BLOWER)

É uma preparação que consiste na sobre alimentação do motor, ou seja, utilizando um compressor chamado supercharger ou blower movido por uma correia ligada ao eixo do motor, o ar é comprimido contra a admissão do Motor.

Essa preparação deixa o carro com caracteristicas de um carro com motor maior ou seja um motor com maior cilindrada, seria como se um motor 1.0 rendesse como se fosse um motor 2.0. Isso acontece pela característica do supercharger fazer a pressão na admissão subir instantaneamente ao pisar um pouco mais forte no acelerador, independente da rotação do motor.

PREPARAÇÃO NITRO (ÓXIDO NITROSO)

Basicamente é a injeção do Gás “Oxido Nitroso” junto ao Ar admitido pelo motor fazendo o mesmo ganhar potência e torque durante a injeção do gás. O Nitro pode ser usado em conjunto com os 3 tipos de preparações acima mencionadas assim como em um motor totalmente original.

Não existe Preparação melhor ou pior, cada tipo de preparação visa atender um tipo de expectativa.

Em carros de rua, visamos sempre uma preparação que mantenha o consumo e dirigibilidade o mais original possível, tendo acréscimo de potência apenas quando quisermos e apenas nesse instante teremos acréscimo no consumo de combustível.

SOBRE ALIMENTAÇÃO (TURBO OU SUPERCHARGER)

A preparação mais comum é a sobre alimentação do motor, nesse caso dizemos que o motor trabalha em duas fases, ele tem a sua fase aspirada normalmente, como se fosse um motor original e a partir de um determinado momento o compressor (seja turbina ou supercharger) começa a pressurizar, o que faz o motor deixar de aspirar o ar naturalmente e passar a receber o ar sob pressão. Neste instante temos acréscimo de potência, pois o motor passa a admitir um volume maior de ar, e por consequência uma quantidade maior de combustível deve ser admitida para manter a relação ideal da mistura “Ar x Combustível”.

Nesse tipo de preparação, podemos ter um carro que se comporte como um carro completamente original em baixa e apenas ao acelerarmos mais forte teremos um acréscimo de potência e de consumo. O consumo deve ser sempre proporcional a potência gerada naquele instante. Ou seja, andando com o carro apenas na fase aspirada o consumo deve ser o original, e apenas ao acelerar mais forte passando da fase aspirada para a fase sobrealimentada teremos acréscimo de consumo proporcional ao acréscimo de potência.

NITRO

A Preparação utilizando o Gás popularmente conhecido como Nitro, se comporta como a preparação sobrealimentada, temos um carro original para o dia a dia e apenas ao acionarmos o botão do Nitro, teremos acréscimo de potência e consumo de combustível. O Nitro é de todas as preparações tem a instalação mais simples e rápida de todos, além de praticamente manter original a parte mecânica e estética do motor. O lado inconveniente desse método de preparação é a recarga constante do cilindro de Nitro.

ASPIRADO

O motor Aspirado “preparado” é o motor menos usual para o dia a dia, pois ao fazermos alterações significativas no motor, teremos alterado seu funcionamento por toda sua faixa de giro, isso implica em maior consumo de combustível em tempo integral, além de modificar drasticamente o seu funcionamento em baixas faixas de giro, isso acontece devido a característica de algumas alterações gerarem ótimos ganhos em altos regimes de rpm (ganho de potência) porem prejudicando o torque em baixas rotações, um exemplo disso é o alívio de peso, que nos traz ganhos de potência em alta e perdas de torque em baixa.

Essas características se aplicam extensamente a quase toda modificação comum em um motor aspirado, exemplos:

– Filtro Esportivo, normalmente tem maior vazão que o original, porem deve admitir apenas ar frio, caso contrário pode gerar perdas de potência e torque.

– Escape de maior vazão, diminui a contra pressão e a velocidade dos gases. Perdendo torque em baixa, e ganhando potência em alta.

– Chip de Potência, consiste apenas no remapeamento da central a fim de colocar mais combustível e aumentar o avanço da ignição, porém não traz ganhos expressivos em carros naturalmente aspirados, pois não adianta o motor receber mais combustível sem admitir mais ar.

– Cabeçote Preparado, com dutos, válvulas e sedes maiores, isso diminuem a velocidade dos gases e aumenta a vazão. Perdendo torque em baixa, e ganhando potência em alta.

– Coletor de Admissão/escape com dutos curtos, causa menos restrição, trás mais potência em altas rotações, porem perde torque em baixas rotações, pois os gases perdem sua inercia ao transitar em cada duto.

– Coletor de Escape 4×1, deve ser calculado, pois o diâmetro dos dutos e o comprimento dos mesmos, vai determinar em que faixa de rotação teremos melhor ganho, pode ser dimensionado para maior potência em altas rotações ou para maior torque em baixas rotações.

– Comando de Válvulas, normalmente o comando mais manso é o original do carro, que visa sempre o melhor torque, já os comandos preparados têm maiores graduações, e tendem sempre a maiores potências em altas, denegrindo o torque em baixas rotações.

– Polia Regulável do Comando, pode trazer ganhos em alta ou em baixas rotações, depende de como é regulada.

– Balanceamento do Conjunto Móvel, visa balancear o conjunto móvel, para que o mesmo gire livremente sem vibrações ou perdas, assim como o balanceamento dos pistões e bielas, trazendo apenas ganhos e benefícios por toda faixa de giro, além de aumentar a durabilidade, diminuir a aspereza do motor, e ganhar potência ao eliminar perdas com vibrações.

A melhor preparação é a que vai atender os seus objetivos de potência e custos.

É comum um carro utilizar uma polia regulável e filtro esportivo ser chamado de Aspirado, é uma preparação de baixo custo, e na maior parte dos motores pequenos ganhos de potência.

Assim como é comum encontrarmos carros turbinados, da maneira mais simples até englobando diversos itens que descrevemos como preparação aspirada, ao somarmos essas características podemos ter um motor de altíssimo rendimento.

Da mesma maneira que podemos combinar preparações, um motor pode ser Turbo e Nitro, pode ser TwinCharger (Turbo + SuperCharger) ou SuperCharger e Nitro, e até mesmo turbo ao mesmo tempo.

O consumo de qualquer motor é proporcional a potência que ele está gerando naquele instante. Usando como exemplo um motor original 1.6 e outro original 2.0 no mesmo carro, ambos transitando em uma estrada a 100km/h em 5ª marcha, devem ter o mesmo consumo, pois estão usando a mesma potência para manter essa velocidade constante independente da potência máxima de um ou de outro ser maior ou menor, o consumo será proporcional a potência utilizada.

Nos carros preparados, devemos seguir esse mesmo conceito, o carro consome combustível à medida que a potência é despejada nas rodas.

MOTOR TURBO OU SUPERCHARGER (BLOWER)

Independente da preparação utilizada (Turbo ou SuperCharger ou Ambas em conjunto) o consumo do carro deve ser o mesmo do motor original, por toda fase aspirada, tendo acréscimo no consumo somente quando o motor sair da fase aspirada e entrar na fase sobre alimentada, ou seja, quando a turbina e o compressor estiverem comprimindo ar para dentro do motor, nesse instante vamos ter um acréscimo de potência e um acréscimo de consumo que será proporcional a potência gerada. Isso é o mesmo que dizer que andando no dia a dia de carro Turbo ou SuperCharger sem acelerar forte, o consumo vai ser o mesmo do carro original.

MOTOR COM KIT NITRO

O uso do Nitro pode variar muito pelo tipo de instalação, mas normalmente, temos um botão que aciona a injeção do Gás na admissão do motor juntamente com o combustível extra. Desta maneira temos o carro se comportando como um original por toda faixa de funcionamento e apenas ao injetar o Nitro, teremos acréscimo de potência e combustível proporcionalmente a potência gerada.

MOTOR ASPIRADO

Essa preparação tem a maior variedade de todas, podendo partir de um simples filtro esportivo, até retrabalho em todas as peças internas do motor, cabeçote, comando, escape, entre outros itens. Ou seja cada tipo de preparação aspirada vai influenciar de maneira diferente no consumo, mas vamos tentar exemplificar para termos uma ideia de como funciona no dia a dia.

– Filtro Esportivo: Um motor original aspirado, teve seu filtro de Ar substituído por um esportivo, isso “pode” gerar o ganho de alguns cavalos de potência se o Ar for captado em um local frio do cofre do motor, essa preparação consistem em diminuir a restrição da entrada de ar do filtro original, fazendo entrar mais ar no motor, que por consequência gera mais potência, o consumo no dia a dia vai ser o mesmo do carro original, pois o motor em regimes normais vai estar admitindo a mesma quantidade de ar que admitia com o filtro original, pois nem sempre ele trabalha com a Borboleta (TBI) aberta totalmente.

– Escape Dimensionado: Normalmente utilizamos o coletor de escape 4×1 que consiste em 4 tubos saindo da saída de escape do cabeçote (1 para cada cilindro do motor) se juntando em apenas 1 tubo indo para o escapamento do carro que costuma ser de maior diâmetro que o original, o mesmo conceito vale para motores com mais cilindros. A finalidade desse projeto pode variar, mas em princípio é eliminar as restrições e perdas do escape original, além de dimensionar o comprimento dos dutos do coletor e os seus diâmetros para terem o melhor aproveitamento na faixa de giro desejada, podendo ser um projeto para maior torque em baixas ou mais potência em alta. Caso o projeto seja para torque em baixa, o carro não vai ter praticamente nada de alteração de consumo, ao termos um motor forte em baixa, pisamos menos no acelerador para andarmos a mesma coisa, isso pode trazer até economia de combustível, porem se a finalidade for potência em alta, o carro vai perder torque em baixa o que vai obrigar o motorista a sempre acelerar mais no dia a dia para andar a mesma coisa que andava com o carro original, isso vai causar um maior consumo, porem em altos regimes de rotação vamos ter um ganho de potência.

– Chip de Potência: Consiste em aumentar eletronicamente a quantidade de combustível injetada no motor, em toda faixa de funcionamento, isso traz um pequeno ganho de potência, porem um aumento de consumo por toda faixa de funcionamento do motor. Não existe como ganhar potência sem aumentarmos a quantidade de ar admitida pelo motor, normalmente esse aumento de combustível no chip é a margem de calibração do fabricante do carro que deve respeitar os limites de emissões de poluentes.

– Cabeçote Preparado: Essa preparação é a que traz os maiores ganhos de potência no motor, ela consiste em retrabalhar os dutos, sedes, guias, válvulas a fim de diminuir restrições, aumentar a vazão, equalizar os dutos e câmaras de combustão. Essa preparação vai influenciar em todo funcionamento do motor, geralmente ela visa o ganho de potência, ou seja, o torque em baixas rotações é prejudicado, isso vai gerar maior consumo de combustível em toda faixa de funcionamento do motor porem vai gerar um ótimo ganho de potência em altas rotações, vale lembrar que a preparação aspirada pede um conjunto de modificações para trazer resultados expressivos.

– Comando de Válvulas: Consiste em substituir o comando de válvulas original do carro por outro mais agressivo, sempre voltado para ganhos em alta, porém é a preparação que mais prejudica a baixa do motor, perdendo muito torque em baixa, mas trazendo grandes ganhos em alta, dependendo da graduação do comando, a lenta do carro pode ficar instável, gera grandes aumentos de consumo, e potência extra somente em altos giros.

– Polia Regulável: Ela pode ser regulada para ganhos de torque em baixa, que deixaria o carro mais forte em baixa porem mais fraco em alta, isso normalmente reduz o consumo de combustível, pois prioriza o torque no dia a dia que nos faz acelerar menos para o carro andar, porem pode ser feita a regulagem ao contrário, regulada para alta, pode trazer ganhos de potência porem perda de torque em baixa, e isso aumenta o consumo no dia a dia.

– Balanceamento do Conjunto Móvel: Como o nome diz, consiste em balancear toda parte rotativa do motor e equalizar o peso dos pistões e bielas, a fim de reduzir as perdas por vibrações indesejadas, aumenta a suavidade do motor e melhora sua vida útil, pode e deve ser feita em qualquer motor, seja ele preparado ou não. Pode reduzir o consumo de combustível, pois elimina perdas.

De maneira geral o consumo do carro é proporcional ao seu uso, pois como podemos ver o consumo é proporcional a potência gerada, ou seja, ao dirigir suavemente, sem arrancadas bruscas em cada semáforo, teremos um carro de baixo consumo e longa durabilidade, pois o esforço e altos giros são os principais responsáveis pelo desgaste das peças.

O que causa desgaste no carro é a potência com a qual se costuma andar. Um carro original que ande sempre em alta rotação (e baixas marchas) terá um desgaste maior do que se for dirigido em baixas rotações (e altas marchas).

Em caso de desistência do projeto em andamento, por motivos de força maior a MasterChip.net se guarda no direito de devolver o valor pago com as peças referente ao projeto. A mão-de-obra será cobrada pela permanência do carro no estabelecimento, impedindo a execução de outros projetos pela ocupação de espaço físico.

A MasterChip é Especializada na Preparação de Motores: Turbo, SuperCharger, Nitro, Aspirado e Sistemas de Injeção Eletrônica.

Nossos Serviços e Peças tem garantia de Fabricação e Instalação de 3 meses conforme a lei de direitos do consumidor, com exceção a itens aplicados em alta performance, onde os mesmos são submetidos a esforços extremos que podem comprometer sua durabilidade, e funcionamento.

Nos motores de alta performance, os componentes são exigidos a esforços extremos, algumas vezes não suportados pelos mesmos. O uso indevido de componentes, isenta a MasterChip de qualquer obrigação a danos causados nos produtos instalados, assim como danos causados aos equipamentos onde foram instalados, ou ao não cumprimento das leis de Trânsito e Ambientais vigentes.

A critério da MasterChip ela poderá por livre vontade, realizar reparos em eventuais defeitos de fabricação dos acessórios e serviços fornecidos, uma vez que esses produtos e serviços são utilizados em motores de alta performance, em condições severas, que muitas vezes chegam a potências 700% superiores ao projeto original do Motor.

A MasterChip consta com facilidades para que você possa realizar o seu projeto.

Trabalhamos com parcelamento através do “Mercado Pago, PayPal e PayLeven”, onde o parcelamento é realizado em até 12x com juros e acréscimo de até 20% da própria administradora de cartão de crédito.

O parcelamento também pode ser feito na loja, através da CIELO em até 3x sem juros.

Contamos com a disponibilidade de crediário, onde o cliente precisa ter pré-aprovação do seu banco, e os juros são através do banco emissor.

Para pagamentos à vista, contamos com débito ou depósito bancário.

Não trabalhamos com formas de pagamento em cheque.